Os filmes mais perturbadores de todos os tempos

Olá galera, esse é mais um post daqueles dignos da PastaAssustadora do Pink se você é muito conservador ou tem um estomago fraco eu aconselho você a ler todo o post e ver se vira macho sua bixinha parar por aqui

Uma das coisas que vocês devem ter percebido se você não for tão lerdo assim é que somos muito fãs de cinema, 0.o

Sendo um assunto que ocupa muito das nossas conversas diárias durante o chá das 5 seria legal falar mais sobre isso aqui no blog por isso que resolvemos fazer uma lista daqueles que são considerados os filmes mais perturbadores, grotescos, nojentos e que fariam até o Tyler passar mal.

Não são somente filmes de terror que compõem a lista, apesar de ocuparem uma boa parte dela, temos algum filmes polêmicos e de contra-cultura, dividirei espaço nesse artigo com o nosso querido Mr. Pink com quem tive uma longa conversa avaliando os mais tensos filmes que vocês verão aqui, para facilitar a identificação ele escrevera com essa fonte rosa fofinha e eu com a tradicional fonte preta de macho

to ficando assustado de como esse assunto animou o Butch

To ficando assustado de como esse assunto animou o Butch

 

Butch, faça um favor a todos nós e vá se fuder, rosa é uma cor de macho, é a cor dos sabonetes que o Tyler faz, mas vamos lá, vamos lá, filmes, acho que não preciso nem mencionar que esse artigo vai conter Spoilers, então, como sempre, River Song pra vocês:

Spoiler Alert!

Spoiler Alert!


Vamos lá, por onde começar? Bom, vocês sabem que eu adoro trocadilhos com meu nome então:

Pink Flamingos

Mr. Pink Flamingos

Mr. Pink Flamingos

Quero começar com algo não tão aterrorizante, mas muito, muito nojento!

O filme trata da Drag-Queen Divine e sua família lutando contra o casal Connie e Raymond Marble pelo titulo de pessoa mais sórdida do mundo.

Com um roteiro desses você deve pensar que o diretor do filme comeu merda não é? Bem, você talvez esteja mais certo do que imagina!

Um dos pontos mais marcantes do filme é a cena de Divine comendo fezes (tanto humanas como caninas… Em momentos diferentes… É… Pois é…)

Algo interessante a comentar é que Divine não era apenas um personagem do filme, mas a identidade do ator Harris Glenn Milstead  ele de fato se travestia e usava o nome de Divine fora do filme, mais importante que isso, ele foi descrito pela revista People como a “Drag-Queen do século!”.


Butch?

Cannibal Hollocaust

Cannibal Holocaust

Cannibal Holocaust

Nosso primeiro filme de terror da lista, a pegada mais complicada é que esse é um filme sujo, de baixo orçamento e muito violento o que abriu espaço para algumas teorias quando foi lançado.

Gravado na Amazonia por Ruggero Deodato fala sobre quatro documentaristas que viajam para filmar tribos nativas mas não retornam, depois de meses sem saber o que aconteceu um antropólogo Harold Monroe viaja pra descobri, ele encontra as latas de filmes com cenas aterrorizantes do que os expedicionários passaram, o que abre um precedente para tratarmos esse filme como uma tentativa de viral, estilo Bruxa de Blair, se fosse lançado hoje com o advento da internet funcionaria muito bem, as mortes são bem realistas com direito a empalamento (não que eu saiba como uma pessoa empalada fica).

Dentre as cenas mais polêmicas está um abuso sexual que os expedicionários praticam contra uma nativa, mortes de animais, incluindo a de uma tartaruga de verdade, isso mesmo eles mataram uma tartaruga de verdade para fazer o filme ela teve suas 4 patas e cabeça cortadas e seu casco arrancado.

E uma das maiores polêmicas em relação a esse filme foi que ele foi acusado de ser um Snuff Movie, você lerá mais um pouco sobre snuff nesse post, vou explicar: snuff se trata de um filme de mortes reais, acredita-se na existência de uma industria de filmes snuff oculta que faz fortuna gravando e distribuindo filmes de assassinatos e tortura, mais isso nunca foi confirmado, continuando… o diretor chegou a ser preso depois das primeiras exibições do filme sendo acusado de ter matado os atores de verdade 0.o ele teve que correr atras dos atores e provar que eles estavam vivos, pelo menos ele se livrou dessa. Da pra entender o quão realista o filme ficou?

Pink?

In the Mouth of Madness

Tipo o Lovecraft só que do cinema.

Tipo o Lovecraft só que do cinema.


Pretendo falar mais desse filme no futuro, baseado em dois contos de H. P. Lovecraft, é um filme com um conceito bem interessante que lembra muito os Mythos de Cthulhu nos quais foram inspirados, ele trata bem o tema: “Se a maioria das pessoas fossem loucas, o louco seria normal, e o normal seria o louco!”.


O tipo de terror usado no filme não é tão gráfico, apesar de algumas cenas que vão te deixar impressionado, o foco é mesmo a tensão, construir um clima onde você não sabe o que esperar, nem o que vai acontecer.

Em Portugal o filme foi chamado de “A bíblia de Satanas”, o que não vem muito ao caso, mas o filme basicamente gira em torno do detetive John Trent que está a procura do escritor de terror Sutter Cane que teria desaparecido antes do lançamento de seu ultimo livro, o que ele acredita ser uma jogada publicitária e nada mais.

Mas eis que ele se depara com um mistério onde todos que leem o livro ficam completamente loucas, isso faz uma referencia ao Necronomicon também dos contos de Lovecraft, que você já pode ter ouvido ser referenciado em algum lugar.


O filme tende mais para um publico cult do que realmente para o perturbador, mas creio que a forma como demonstra a loucura dos personagens vale uma menção, o filme é bem interessante e é uma boa forma de conhecer o universo de Lovecraft, que nunca fui trazido de forma direta e oficial pro cinema.


Butch Cassidy?

Um Cão Andaluz

Bora fazer a barba mulher, ops...

Bora fazer a barba mulher, ops…

Esse filme é considerado uma obra de arte, sendo tido como o primeiro filme surrealista mas não é por menos, dirigido por Luis Buñuel e Salvador Dalí, é muito perturbador, com várias cenas desconexas, é uma tortura mental, uma das cenas mais fortes é quando cortam um olho (o da mulher ai de cima) com uma navalha. Muito usado para estudar cinema e comunicação. A trama não é cronológica e tem vários significados ocultos.

Pink, esse foi curto vou fazer mais um…

A Serbian Film (Terror sem limites)

O cara ta vestindo uma cueca na cabeça, quanta polêmica

O cara ta vestindo uma cueca na cabeça, quanto terror

O filme foi banido em vários países entre eles o Brasil no Reino Unido é liberado mas somente depois de 49 cortes e na Alemanha o laboratório que fez as cópias da película destruiu tudo após ver o conteúdo.

O diretor foi processado por exibição de pornografia infantil após uma denúncia de uma organização católica irônico não?, ele trata sobre o assunto dos Snuff Movies (Lembra de snuff? Já falei deles no começo do post presta atenção rapá).

Conta a história um ator pornô aposentado, ele recebe uma proposta milionária pra fazer um filme em que ele realmente estupre e mate pessoas, polêmico por ter necrofilia, estupro, e se não fosse o bastante, abuso de recém nascido, é cara o negócio ta ficando feio já.

Pink vai começar a dormir de luz acessa?

Guinea Pig

Otakus otakando!

Otakus otakando!

Butch, da próxima vez, você escreve com a fonte rosa, é um saco ficar mudando a cor…

Bem Guinea Pig é uma série de sete filmes de terror japonês capazes de fazer você chorar e se sentir mal apenas pelo fato de ser humano, a maioria deles não tem grandes roteiros, e são apenas exercícios de maquiagem e gravação, mas todos tratam de cenas brutais e monstruosas.

Za ginipiggu: Akuma no jikken (Em inglês: Guinea Pig: Devil’s Experiment)

O primeiro filme da série, era um experimento de estudantes de efeitos especiais com um roteiro minimo onde três homens sequestram uma jovem e a torturam até a morte, o filme foi o primeiro da série e é um curta-metragem de cerca de 43 minutos, ao se tornar um sucesso alternativo ele gerou as continuações.


Butch não to me sentindo muito bem…

Za ginipiggu 2: Chiniku no Hana (Em inglês: Guinea Pig 2: Flowers of Flesh and Blood)

O segundo é provavelmente o mais conhecido filme da série, nele um samurai sequestra uma garota e a leva para sua casa, onde a seda e a tortura até matá-la a fazendo assistir, sem roteiro algum o filme é brutalidade por brutalidade.

O sucesso desse filme se deve ao fato do ator Charlie Sheen ter assistido ao filme e acreditado se tratar de um Snuff Film, ele o denunciou a policia que alertou a policia japonesa e tal e coisa, coisa e tal, e foi isso o que gerou a fama desse filme, um dos motivos pelo qual surgiu até um making off do filme, para mostrar que não se tratava de um Snuff.

Za ginipiggu 3: Senritsu! Shinanai otoko (Em inglês: Guinea Pig 3: He Never Dies)

O terceiro filme já era uma amosta de que os Guinea Pig não eram reais, o roteiro basicamente trata de um rapaz que tenta o suicídio e perceber que não é capaz de morrer, não importa o que tente ou faça, após isso, ele convida um colega de trabalho e começa a se mutilar na frente dele, chegando a se decapitar, e sua cabeça continuar falando.

Za ginipiggu 4: Manhoru no Naka no Ningyo (Em inglês: Guinea Pig 4: Mermaid in the Manhole)

Nojento e surreal, nesse filme um pintor tenta superar a morte de sua esposa e caminha pelos esgotos de Okinawa, onde encontra uma sereia que já havia visto quando mais jovem, na época que os esgotos eram rios, ela porém está doente e cheia de infecções.

O artista a leva para sua casa e a coloca no banheiro, porém as feridas no corpo dela começam a inflamar e soltar sangue e pus que ele começa a usar para pintar o retrato dela, até a condição dela piorar e ela morrer.

Butch eu realmente não to legal…

Za ginipiggu 5: Notorudamu no Andoroido (Em inglês: Guinea Pig 5: Android of Notre Dame)

Bom, nesse filme um cientista anão com a irmã doente procura uma forma de curá-la e essa forma virá através de experiencias brutais com pessoas inocentes, eu não cheguei a assistir esse filme então não sei muito a respeito dele exceto o plot principal, nas poucas cenas que vi, me pareceu o tipo de tortura básica que segue a série, mas com um roteiro um pouco melhor pensado.

Za ginipiggu 6: Peter no Akuma no Joi-San (Guinea Pig 6: Devil Woman Doctor)

Uma quebra de clima total, esse filme não é tanto sobre terror como é sobre comédia de humor negro extremamente violenta, onde uma doutor(a) interpretado(a) pelo(a) travesti Shinnosuke Ikehata trata de diversos pacientes em scats curtos que os levam geralmente a mutilação ou mesmo morte.

Tão surreal quanto os anteriores, ele não chega a ser tão pesado devido ao clima, mas é interessante.

Za ginipiggu 7: Zansatsu Supessharu (Em inglês: Guinea Pig 7: Slaughter Special)

Também não vi este, mas parece ser um amontoado de melhores (ou piores) cenas dos filmes anteriores, um especial de matanças…

Butch… Acho que vou vomitar…

Salò ou 120 dias de Sodoma

Olha a linguinha...

Olha a linguinha…

A gente esta indo longe demais mesmo cara.

Salò conta a história de um grupo de jovens que são levados por 4 fascistas a uma tarde de grandes diversões e alegrias, que podem ser entendidas por alguns como humilhação, abuso sexual, tortura e morte.

O filme é uma denúncia ao domínio fascista na Itália usando como base o livro “Os 120 dias de Sodoma”, do Marquês de Sade, esse cara era mesmo louco.

O filme é dividido em 3 partes intituladas “O Círculo de Manias” onde todos os tipos de perversões são colocadas em prática, guiados por uma prostituta que usa suas histórias como uma inspiração para os fascistas, “O Círculo da Merda”, esse eu não preciso explicar muito, somente que culmina num banquete de merda para todos os integrantes da mansão e “O Círculo do Sangue” onde todos são torturados até a morte.

Pink… você ainda está ai? Pink…PINK!!! rsrsrs

Centopeia Humana

Delicia!

Delicia!

Butch eu te amaldiçoo por querer fazer esse post e me convencer a te ajudar (aliais esse deve ser o maior artigo do blog até agora), bom, vamos a um lindo filme sobre amor… E quando digo amor quero dizer escatologia.

Centopeia Humana é um filme sobre um cientista maluco alemão que tenta criar uma centopeia humana! Ah va! Como? Ligando o sistema digestivo de três pessoas, ligando a boca de uma ao anus de outra…

And Fuck My Life!


O roteiro é basicamente isso, os membros da centopeia tentam fugir um policial investiga o desaparecimento deles (que são turistas) e algumas cenas bem escatológicas, que renderam uma sequencia em 2011.

A Centopeia Humana 2, chegou a ser banido do Reino Unido, ele basicamente fala sobre um anão maluco que foi abusado pelo pai e após assistir ao filme tem a ideia de fazer o mesmo com doze pessoas…

And Fuck My Life Hard!

Não obstante o diretor Tom Six já anunciou o lançamento da terceira e final parte para esse ano, 2013 e da mesma forma que disse que perto da parte dois a primeira era My Little Pony, a parte dois se compara com a três será um filme de princesas da Disney.

And Fuck My Life Real, REAL HARD!

Vai se fuder Butch, paro por aqui, essa fonte rosa ta me dando dor de cabeça.

Essa imagem é de um Snuff film falso e eu não tenho ideia do motivo pelo qual o Butch a colocou la em cima.

Essa imagem é de um Snuff film falso e eu não tenho ideia do motivo pelo qual o Butch a colocou lá em cima. PS.: Pink você entregou o meu easter egg, tsc tsc…

Acompanhe nosso blog pelo Facebook curtindo aqui em baixo, aqui mesmo… assim você recebe os posts mais recentes na sua feed e algumas coisas que a gente só posta lá, e quem quiser acompanhar pelo twitter sigam-me no @CoolButch

Comentários

Comentários!