Yu-gi-oh! – The Abridged Series

Tyler está postando demais, acho que falo por todos quando digo que isso me assusta, ou talvez isso seja por ele estar fazendo cada vez mais sabonetes aqui na cede do Misinformation… Ou talvez seja por ele estar afiando constantemente uma faca enquanto fala sozinho, em todo caso, vamos ao tema!

Yu-gi-oh! – A série abreviada, é uma paródia do anime Yu-gi-oh! Duel Monsters (Ou só Yu-gi-oh! Porque ninguém se lembra que tinha um anime baseado na primeira etapa do manga chamado só Yu-gi-oh!) criada pelo britânico Martin Billanymais conhecido pela alcunha de Little Kuriboh com o intuito de fazer graça ah vá!

YGOTAS

YGOTAS

Basicamente a série se constitui de resumos cômicos dos acontecimentos de alguns episódios da série, uma agregado das coisas mais importantes que aconteceram, ou ao menos das que fazem menos sentido.

A censura gosta de tirar armas e sangue dos animes.

A censura gosta de tirar armas e sangue dos animes.

A série faz referencia a dezenas de coisas da cultura pop, além de criticar varias e varias vezes a forma como os episódios foram exibidos no ocidente, ele se utiliza das animações que foram exibidas pela 4chan, cheias de censura e diálogos criados para encher linguiça.

Os episódios originalmente possuíam cerca de 5 minutos e tinham promessa de saída semanal, apesar de nem sempre o serem, hoje em dia, com a melhora no vídeo e no áudio, eles possuem cerca de 11 minutos cada, e levam cerca de 3 messes para serem lançados.

Yugioh! – The Abridged Series, foi a primeira de uma série de animes abreviados que vieram a sair, a mais famosa além de Yugioh! É a Dragon Ball Z – The Abridged Series do Team Four Stars (Time Quatro Estrelas), mas esta da qual vos falo foi criação de Little Kuriboh.

Super Especial Incrível!

Super Especial Incrível!

A série possui ótimas piadas e bordões que vão surgindo durante os episódios e que muitas vezes referenciam a dublagem americana ou as censuras que a série sofreu.

Mas aqui começam os spoilers tanto da série como do anime Yu-gi-oh! Então, tome cuidado!

Spoiler Alert!

Spoiler Alert!

A série é divertida, entre outros motivos por não forçar os bordões sempre da mesma forma, eles dificilmente são repetidos exatamente da mesma forma, a exemplo do clássico:

Danem-se as regras, eu tenho dinheiro!

Danem-se as regras, eu tenho dinheiro!

Que Kaiba responde ao faraó em seu primeiro duelo quando ele o acusa de invocar um monte de monstros em um turno.

Os personagens são todos cômicos, alguns de seus defeitos são super-valorizados e levados ao extremo, como a infantilidade de Yugi, a violência do Faraó, e a arrogância de Kaiba.

MIND CRUSH!

MIND CRUSH!

Além da série de Little Kuriboh, temos Yu-gi-oh GX – The Abridged Serie, criada por Blake Swift (vulgo ShadyVox) e Tom Livesey, (vulgo internetesco de xthedarkone), além de alguns curtas de Yu-gi-oh 5D’s, com Carson Laidlaw (Semisoma1) como Yusei, o filme Yu-gi-oh! - Bonds Beyond Time, também recebeu uma adaptação com os três, que é uma das coisas mais cômicas já feitas para internet.

Um problema que você pode ter é que é a série não foi completamente legendada para o português (ao menos não que eu tenha encontrado, confesso não ter procurado já há algum tempo, pois em dado momento da minha impaciente vida, desisti de aguardar legendas), diferente de DBZ – Abridged que até onde me lembro era traduzido sempre que lançado (e ainda o é, creio eu).

Além disso a maior parte dos episódios com legenda não se encontram no youtube, mas sim no Dailymotion (ou ao menos assim o era), caso seu inglês não seja tão bom, não o aconselho a ver a série de pronto, você pode perder muitas das piadas que só fazem sentidas em sua língua nativa, mas você com o tempo acaba se acostumando.

Além dos episódios, existem vários videos e curtas cômicos sobra a série, que são por vezes mencionados durante a série, como a trilogia de paródia das canções da Lady Gaga, composta por “Leather Pants” (baseada em “Bad Romance”), onde Marik afirma que a fonte do poder do Faraó são suas calças de couro, “Brooklyn rage” (Baseada em “Poker Face”) onde Joey fala de sua raiva proveniente da região do Brooklyn (Mais uma piada com o sotaque do personagem na dublagem americana) e por fim a que coloquei acima “Pharaoh’s Throne” (Baseada em “Telephone”) onde vemos um duelo entre o Faraó e Bakura.

Minha voz me da super-força!

Minha voz me da super-força!

Entre as piadas recorrentes está a homossexualidade latente de diversos personagens, devido a forma do traço do anime que deixa os personagens com certa delicadeza, além disso referencias a outros animes são quase constantes.

A série no momento está no arco das finais da Batalhas da Cidade, onde os personagens duelam pela carta mais rara do adversário, e onde aparecem os deuses egípcios, o que curiosamente ignora o fato do filme da Pirâmide de Luz já ter sido “Abreviado”, pois este se passa cronologicamente depois da Batalha da Cidade, mas a essa altura quem se importa? Afinal tudo o que queremos é dar umas boas risadas.

Não mova um músculo, ou nós atiraremos em você com nossas armas invisíveis!

Não mova um músculo, ou nós atiraremos em você com nossas armas invisíveis!

Caso esteja precisando dar algumas risadas a série vale a pena ser assistida, mas não espere que ele atualize com frequência, originalmente sua ideia era atualizar semanalmente a série, mas o próprio Little Kuriboh brinca com isso hoje em dia quando o personagem Marik está assistindo a série em uma TV (Inception?) e afirma:

- “Essa série contem minha piada favorita, espere… Espere!”

E na tela aparece:

“Episódios lançados toda semana”

Em seguida Marik gargalha.

In America!

In America!

Yu-gi-oh! Abridged, é uma ótima série, se você é fã de Yu-gi-oh! Com certeza irá gostar, e mesmo que não for, a série vai lhe agradar, ela melhorou muito desde os primeiros episódios, tanto em roteiro como em edição e gravação mesmo, ganhou uma boa maturidade, e vale a pena ser vista.

Por fim, se você foi um otaku, vai com certeza entender e se identificar com muitas coisas que já viu e talvez ainda veja em animes hoje em dia, desde clichês até a forma como eles são tratados no ocidente, tudo de forma bem humorada e divertida, então lembre-se a amizade é mágica!

Amizade é maravilhosa!

Hora do bom e velho discurso sobre amizade!

E que fique registrado que apesar de ser um artigo com spoiler alert eu em nenhum momento revelei que o nome do Faraó é Atem!

Comentários

Comentários!