Episódio Banido – O Laboratório de Dexter!

Olá meus jovens cientistas, já falei algum tempo atrás de um certo Episódio Banido das Meninas Super-Poderosas, mas hoje o tema é O Laboratório de Dexter, a série da Cartoon Network sobre o menino gênio com um laboratório secreto criado pelo russo americano Genndy Tartakovsky.

Vamos lá

Vamos lá

Se você não quer ver seus personagens preferidos da infância sendo rudes e agressivos (não que eles não fossem nos episódios em geral, mas você entendeu) é melhor parar por aqui, caso você não ligue, vamos lá:

Sempre bom lembrar que o artigo contém spoilers!

Spoiler Alert!

Spoiler Alert!

O episódio mencionado é o famoso Rude Removal, infelizmente eu não encontrei versões legendadas em português dele, caso você se de bem com inglês fica aqui o vídeo:

Caso você se de bem com legendas em espanhol:

Ao que tudo indica esse episódio teria sido feito com o propósito de ser exibido nas reuniões dos próprios funcionários da Cartoon apenas para divertir a equipe, após algum tempo, o desenho teria sido exibido em algumas convenções, mas segundo Tartakovsky muitos desgostaram do episódio, também foi dito que uma versão não censurada do episódio foi exibido para algumas pessoas em uma Comicon (Foi exigida a saída de todos os menores de idade do local antes), mas isso nunca foi confirmado pelos produtores, após isso a lenda do episódio começou.

tumblr_mh1pz0tJGl1rfdjtxo1_500

Depois disso, rumores se espalharam pela internet por muito tempo, até que finalmente em 2013 o Twitter oficial do bloco Adult Swim (Bloco do canal que passa a noite com animações voltadas para um publico mais adulto) questionou aos fãs se eles se interessavam ainda pelo episódio.

O episódio foi então lançado no Youtube e no site oficial do AdultSwim, mas foi removido posteriormente, porém uma vez que o vídeo foi disponibilizado era óbvio que não ficaria fora da Internet por muito tempo.

Polêmica

Polêmica

Para quem não viu, o episódio basicamente trata de Dexter inventando um aparelho capaz de remover as atitudes rudes de uma pessoa, ou seja, torná-la menos agressiva e mais educada, ele e Dee Dee brigam pois Dexter afirma que ela é rude, e ela diz que ele quem é, durante a briga ambos acabam dentro do aparelho, que os divide em versões excessivamente boazinhas e rudes deles, as versões rudes então começam a ofender suas contrapartes quando são chamadas para o lanche pela mãe das crianças.

Na cozinha Dexter e Dee Dee (versões rudes) começam a brigar, Dexter cospe na cara da mãe e a xinga, a fazendo desmaiar, eles começam uma guerra de comida enquanto trocam ofensas, até que ela acorda e ordena que eles parem, eles a ignoram, e saem da cozinha, nesse momento suas versões boazinhas descem as escadas, entram na cozinha e encontram sua mãe irritada que diz que irá lavar suas bocas com sabão e ordena que limpem a cozinha.

Rudes

Rudes

Eles retornam para o laboratório para impedir os rudes, e os encontram atirando um no outro com armas e destruindo o lugar, Dexter pede educadamente que eles parem, e as réplicas começam a atirar neles, ambos se escondem e Dexter tem a ideia de enganá-los, pedindo que não entrem na máquina novamente onde poderiam se replicar criando varias versões rudes deles, porém quando os dois entram na maquina Dee Dee os tranca lá e vai com Dexter para o outro compartimento, ele ativa a máquina revertendo o processo e combinando ambas as versões novamente.

Dexter e Dee Dee normais saem da máquina discutindo, porém sem palavrões agora, eles saem do laboratório e encontram sua mãe irritada do lado de fora segurando uma barra de sabão, a tela fecha no rosto de Dexter que diz:

- “Oh Shit!” (Oh merda!).

E o episódio acaba.

Politicamente Incorreto!

Politicamente Incorreto!

Qual o motivo do episódio ter sido banido, uma vez que todos os palavrões são censurados? Bem, diferente da Nickelodeon, o Cartoon Network nunca foi muito de arriscar certas coisas, e talvez não tenha querido associar um de seus carros-chefes da época com o uso de palavrões, existe um episódio similar de Bob Esponja (Boca de Marinheiro), onde os personagens usam de palavras “feias”, mas essas também são censuradas, mesmo assim, o conselho de parental de televisão norte-americano criticou o episódio por “promover e implicitamente satirizar o uso de palavras profanas pelas crianças!”, o que mostra que o receio da emissora não era infundado.

Em todo caso, o episódio é bom, engraçado e nostálgico, vale a pena assistir para se lembrar da série.

Nota Final: 9/10.

Comentários

Comentários!