Cores Reservadas

Todo “Cão” Tem seu Dia.

Achei por bem tratar aqui da famosa teoria dos 50%, uma famosa, porém pouco conhecida teoria que demonstra que todos os acontecimentos tem 50% de chances de ocorrerem:

Ou a coisa acontece, ou ela não acontece!

Ou seja são apenas duas possibilidades, o mundo, quiçá, o universo, giram ao redor de uma chave booleana que define tudo, o modo de ver do povo tem dois polos, positivo e negativo, bem e mal.

Certo e errado, luz e trevas, Superman e Lex Luthor, Lion e Mun-Rá, Deus e o Diabo, Axl Rose e Slash, Doctor e Master…

Vamos a um pequeno exemplo, uma formiga caminha até o formigueiro, ela tem duas escolhas, entrar nele ou não, se entrar, ela terá duas escolhas, permanecer nele ou não, se permanecer ela terá duas escolhas, fazer uma revolução anarco-comunista ou não, é assim que funcionam as coisas, todas as situações possuem 50% de chance de acontecer.

Outro exemplo, você e sua namorada estão no melhor dos climas, ela poderá cuspir ou engolir, 50% de chance que ela irá engolir.

Todas as situações com as quais nos deparamos estão inseridas em dicotomias, Vivos e Zumbis, Cliff Burton e Sid Vicious, Corintiano e São Paulino.

Assim, aqui fica meu primeiro conselho para vocês, se você gosta daquela garota da sua escola, a mais atraente, a mais linda e maravilhosa e divertida garota, não importa o quanto você seja um pária social, você possui 50% de chances de ficar com ela, ou ela fica com você, ou não.

No seu caso, posso afirmar com 100% de certeza que não, mas quem sabe… Eu tenho 50% de chances de estar errado!

Tyler já fez alguns comentários a respeito dos protestos que estão ocorrendo, eu diferente de Butch e Tyler acreditava que a movimentação não mudaria nada, mais um pouco do bom e velho fogo de palha que parecia permear o Brasil a alguns, anos, estava eu errado?

Eu vejo as mascaras de Guy Fawkes que as pessoas reconhecem com as mascaras do V, isso importa? Um simbolo é apenas isso um simbolo, sozinho um simbolo não é nada, bom, essa mascara parece representar muito mais do que apenas o rosto de um homem que tentou explodir o parlamento.

Desde algum tempo eu vinha me desencantando com a cena politica brasileira, uma sensação de repulsa e estagnação, estaria eu errado? Ou estou tentando me enganar agora?

Quem sabe, não gosto de tomar posições sobre o que está acontecendo, concordo com partes do protesto, não sei o quanto dele é real e o quanto não é, mas de alguma forma, talvez seja um primeiro suspiro de um movimento real no Brasil, algo que realmente possa melhorar o pais, algo que pode nos dar verdadeiro orgulho de sermos brasileiros!

Eu estou errado? Eu estava errado? Quem sabe? Os protestos vão continuar, e por bem ou por mal, talvez seja a hora do governo saber que nós estamos aqui, que nós estamos vivos, e que nós não vamos sair daqui!

Eu não culpo a policia por suas ações, estão fazendo o trabalho deles, mas o quanto deve crescer essa movimentação? Será que eles estão realmente felizes com as condições que nos encontramos? Se o protesto crescer o suficiente será que eles não se uniriam a nós? Será que alguns governantes também não se uniriam, um momento de realmente mudar o pais? Bom, agora acho que já estou sonhando, nem todo politico é corrupto, mas muitos são…

Estaria eu errado em imaginar que talvez seja a hora do pais mudar? Estaria eu errado em mais uma vez ter esperanças de que sairemos dessa nulidade? Desse vácuo politico-social em que estamos? Estaria eu errado?

Vamos ver, espero que os movimentos não parem, espero que não seja apenas um movimento de massa de manobra para fins que ainda não nos são inteiramente conhecidos, e espero que dessa vez eu acerte e o Brasil realmente mude para melhorar, para um pais que realmente cuida de seu povo, para um governo que não procura apenas beneficiar a si mesmo, mas procura beneficiar o povo.

Talvez seja a hora do Brasil renascer?

Estaria eu errado?

“Talvez o Brasil já tenha acabado e a gente não tenha se dado conta disso.” (FRANCIS, Paulo)

Segue uma bela conversa que tive com meu querido e intimo amigo:

“O Mais Velho de Nós” como costumamos chamá-lo, onde ele me desejou feliz aniversário, segue uma parte do texto, editada para corrigir erros gramaticais:

20:56
Mr. Pink: Tipo… Seu face… Não te avisou nada?

21:00
O Velho: Hum… Acabei de ver… Hoje você ta ficando mais velho… Logo mais próximo da idade senil!

Mr. Pink: Sim, cara… Com a maioria das pessoas isso acontece… Tipo… Você fica mais novo, mas apenas você e o Brad Pitt fazem isso!

21:02
O Velho: Logo você está mais próximo da obrigação de criar uma família para ter quem cuide de você…
Quando você estiver com uns 90 e poucos anos e precisar que uma enfermeira te limpe as nádegas…
E assim mais próximo da morte…
Bom então parabéns eu acho…

21:03
Mr. Pink: Meus planos incluem ser morto aos 52 anos por algum garoto que quer entrar pra uma gangue.

21:03
O Velho: Comemorar isso é sacanagem? Acho que não…
Tudo de bom…
Nessa sobrevida…
Mas e ai teve bolo??
Festa?

“Sem a loucura que é o homem, mais que a besta sadia, cadáver adiado que procria?”
Fernando Pessoa

Hoje falarei do vermelho, é a cor do sangue, a cor do amor, a cor da vida!

O vermelho se trata de uma das três cores primárias, também é conhecido como encarnado ou escarlate.

Um dos sentimentos que ligamos a essa cor é o amor, e é dele que vou falar hoje!

Você é capaz de amar qualquer coisa, sua família, seus amigos, ou um parceiro, e eu amei alguém, seu nome era Layla, ela me deixou de joelhos, eu fiquei implorando, mas ela não acalmou minha mente preocupada.

Oh como eu amava aquela garota, tão meiga e sensível, que eu poderia passar dias a abraçando apenas dizendo que tudo ficaria bem, o amor é assim mesmo, você adora uma pessoa, mas as vezes ela não sente o mesmo por você!