batalha

Achei por bem tratar aqui da famosa teoria dos 50%, uma famosa, porém pouco conhecida teoria que demonstra que todos os acontecimentos tem 50% de chances de ocorrerem:

Ou a coisa acontece, ou ela não acontece!

Ou seja são apenas duas possibilidades, o mundo, quiçá, o universo, giram ao redor de uma chave booleana que define tudo, o modo de ver do povo tem dois polos, positivo e negativo, bem e mal.

Certo e errado, luz e trevas, Superman e Lex Luthor, Lion e Mun-Rá, Deus e o Diabo, Axl Rose e Slash, Doctor e Master…

Vamos a um pequeno exemplo, uma formiga caminha até o formigueiro, ela tem duas escolhas, entrar nele ou não, se entrar, ela terá duas escolhas, permanecer nele ou não, se permanecer ela terá duas escolhas, fazer uma revolução anarco-comunista ou não, é assim que funcionam as coisas, todas as situações possuem 50% de chance de acontecer.

Outro exemplo, você e sua namorada estão no melhor dos climas, ela poderá cuspir ou engolir, 50% de chance que ela irá engolir.

Todas as situações com as quais nos deparamos estão inseridas em dicotomias, Vivos e Zumbis, Cliff Burton e Sid Vicious, Corintiano e São Paulino.

Assim, aqui fica meu primeiro conselho para vocês, se você gosta daquela garota da sua escola, a mais atraente, a mais linda e maravilhosa e divertida garota, não importa o quanto você seja um pária social, você possui 50% de chances de ficar com ela, ou ela fica com você, ou não.

No seu caso, posso afirmar com 100% de certeza que não, mas quem sabe… Eu tenho 50% de chances de estar errado!